Felix natalis dies!

Há exato um ano, fiz a minha primeira publicação aqui no blog. A estreia foi com o texto: A arte de perguntar, este que daria o tom daquilo que eu desejara alcançar com este trabalho. Desde então, semanalmente, publico textos sobre assuntos diversos, entretanto, interligados por um tema maior, a vida; esta que se revela... Continue lendo →

Anúncios

Deus

[Originariamente, pequena parte deste texto foi publicado com outro dois, sob o título Pequenas histórias. Como a ideia era trabalhar, em momento oportuno, cada pequena história, surge neste instante um contexto favorável para o presente texto.] A crença em Deus, em nossa sociedade, é algo quase que natural por ser cultural. Aqui não estamos falando... Continue lendo →

Admirável mundo tecnológico

Antes de qualquer coisa, gostaria de dizer que sou um entusiasta das novas tecnologias, e que desde 1993 acompanho os avanços tecnológicos. Não obstante, diante do atual cenário em que vivemos, de frenesi tecnológico, sinto-me impelido a dizer algumas palavras. Lembro-me, como se fosse hoje, quando vi pela primeira vez um computador ao vivo. Era... Continue lendo →

Os sapatos

A noite tinha sido mais agitada do que o comum. Um barulho apavorante o acordou na melhor hora do sono. Parecia que algum pedaço de meteorito havia colidido com o planeta e a maior parte dele caíra sobre a sua casa. Com o coração batendo igual ao de um recém-nascido, levantou-se esbravejando e foi até... Continue lendo →

Últimas palavras

Em meu tempo de seminário era recorrente idas a velórios. Íamos para celebrar as exéquias, a liturgia cristã dos funerais, que tem como objetivo o auxílio espiritual para os defuntos e a consolação e o encorajamento da esperança aos que choravam a morte. Geralmente era uma cerimônia curta, mas com uma carga emocional muito grande.... Continue lendo →

Fragmentos

Em Carpe diem, Vita brevis est, eu disse o seguinte sobre fragmentos: Fragmentos é uma pequena porção ou parte de um todo. Gosto muito desta definição. Porque ao mesmo tempo que o fragmento me dá a liberdade de expressar um momento único da minha existência, ele também permite-me comunicar o que sou na totalidade. Numa parte... Continue lendo →

Estrangeiro

...sei de onde vim e para onde vou. (Jo 8-14) Estas palavras de Jesus sempre me causaram um grande impacto, porque expressam uma ideia de autonomia muito grande. Jesus não parece ter dúvidas quanto ao caminho que está fazendo. O profundo conhecimento que ele tinha sobre a sua história lhe dava esta segurança: ...sei de... Continue lendo →

Speculum

A mitologia grega é uma fonte inesgotável de sabedoria. Ela se volta para o ensino sobre a vida e seus perigos, como também, demostrava aos antigos, padrões existentes no comportamento humano e que até hoje são referência para nós, basta consultarmos os estudos realizados por Sigmund Freud sobre o complexo de Édipo. É impressionante como... Continue lendo →

Começaria tudo outra vez…

O sol escaldante do meio da tarde fazia qualquer um correr dele, à procura de uma sombra, como se, do seu mormaço, pudéssemos fugir. A agitação da cidade, os carros, motos, ônibus lotados de gente, pessoas nas calçadas andando apressadas, tudo isso aumentava ainda mais a sensação de desconforto causado pelo calor que, certamente, ultrapassava... Continue lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑